Aliel Machado

Aliel participa de reunião com prefeitos do Cantuquiriguaçu

25.maio

Durante o encontro o deputado falou sobre a destinação de quase R$ 2 milhões à região

O deputado Aliel Machado (Rede) participou na última semana de uma reunião com prefeitos da região do Cantuquiriguaçu, composta por 21 municípios paranaenses. O encontro foi em Laranjeiras do Sul e contou com a presença de 12 prefeitos.

Na ocasião o deputado informou aos prefeitos sobre o trabalho que vem desenvolvendo em Brasília em favor dos municípios. Só em emendas para o Canturiguaçu, já foram destinados quase R$ 2 milhões de reais nos anos de mandato do parlamentar.

De acordo com Aliel, é muito importante ajudar os prefeitos neste momento de crise. “O país passa por uma crise, não só política e moral, mas também econômica. As prefeituras tem dificuldade para aumentar receita, mas os problemas da população estão lá pra serem resolvidos. Por isso, mais do que nunca, precisamos auxiliar com o que for possível. Seja com destinação de máquinas agrícolas, equipamentos para a Saúde, Esporte e pavimentação”, afirmou.

Dos 21 municípios que fazem parte da associação, estavam presentes na reunião os prefeitos de Cantagalo, Foz do Jordão, Goioxim, Guaraniaçu, Virmond, Nova Laranjeira, Laranjeiras do Sul, Pinhão, Quedas do Iguaçu, Rio Bonito do Iguaçu e Espigão Alto do Iguaçu.

Trabalho técnico

Durante o encontro, o parlamentar ainda colocou à disposição das prefeituras o trabalho técnico desenvolvido pelo seu mandato junto aos municípios. São palestras e oficinas de utilização do portal do Sicov, que é o sistema de transferência de recursos do Governo Federal. O portal é importante para que os municípios recebem os recursos do Governo Federal.

“Saber apresentar corretamente a proposta, desenvolver o projeto e estar atento aos prazos, são de fundamental importância para os municípios. O nosso mandato está à disposição e tem feito isso por vários municípios paranaenses, através de um assessor, sempre buscando em ajudar e não permitir que eles percam os recursos disponíveis”, lembrou.