Aliel Machado

Aliel se reúne com direção do hospital Bom Jesus

Parlamentar destaca votação de Medida Provisória que vai beneficiar hospitais filantrópicos

30.out

O deputado federal Aliel Machado (PSB) visitou nesta segunda-feira, 29, a Associação Hospitalar Bom Jesus, em Ponta Grossa. O parlamentar se reuniu com a direção da instituição, que atende em grande parte pelo Sistema Único de Saúde (SUS). O hospital  é uma referência na região e conta com uma equipe de quase 500 colaboradores e 135 médicos.

Acompanhado do chefe da Regional de Saúde, Isaías Cantóia, Aliel se encontrou com as Irmãs Félia e Roberta, além da diretoria administrativa da instituição. O parlamentar colocou o mandato à disposição para auxiliar nas demandas relacionadas a Brasília. “O Bom Jesus é uma referência para toda a região, especialmente no atendimento a traumas e neuro. E as irmãs fazem um trabalho de excelência não só em saúde, mas também espiritual junto às famílias, pois muitos pacientes são vítimas de graves acidentes e passam por momentos extremamente difíceis”, frisou ele.

Durante o primeiro mandato o deputado destinou recursos de emendas parlamentares para a instituição. Em 2017 Aliel indicou R$ 250 mil para a compra de equipamentos através de emenda individual. Além disso, foram conquistados recursos provenientes de emenda de bancada, que serão destinados para o Bom Jesus, além de outros que atendem a região através do SUS.

Antes de seguir para Brasília, na manhã desta terça-feira, o parlamentar gravou vídeo em uma rede social onde destaca votação da Medida Provisória (MP) referente a Saúde, que será realizada esta semana na Câmara dos Deputados. “Estamos voltando a Brasília, onde iremos votar medidas importantes, como a que cuida das Santas Casas e hospitais filantrópicos”, revelou Aliel.

A votação da MP 848/18, citada pelo deputado, prevê uma linha de financiamento para as santas casas com recursos do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS). A MP cria essa linha de crédito para socorrer as santas casas e os hospitais filantrópicos que atendem pelo Sistema Único de Saúde (SUS). Segundo o texto, 5% do programa anual de aplicações do fundo serão destinados a essa linha (cerca de R$ 4 bilhões em 2018).