Aliel Machado

Câmara aprova seminário sobre futebol feminino proposto por Aliel

20.ago

A Comissão do Esporte da Câmara aprovou, nesta quarta-feira (14), por solicitação do deputado federal Aliel Machado (PSB-PR), a realização de seminário para discutir o futebol feminino brasileiro. O evento sobre o tema terá entre os convidados a jogadora Marta Vieira (seis vezes eleita a melhor jogadora do mundo) e a jornalista Fátima Bernardes.

Na opinião de Aliel, a hegemonia do futebol enquanto prática desportiva no Brasil é apontada por diversos autores, jornalistas e cronistas brasileiros. “Trata-se de uma paixão nacional que transcende o lazer, gera empregos, desenvolvimento econômico, influi na pauta jornalística e até política, e atrai o olhar para temas sensíveis da sociedade, como a questão de gênero”, explicou.

A assimilação sem preconceitos do futebol feminino, e da participação da mulher no futebol masculino, pela sociedade e pela mídia esportiva, na visão do parlamentar, “só ocorrerá por meio de intervenções políticas nas estruturas administrativas responsáveis pelo desporto no país”. “Por conta de um apoio inédito recebido pela equipe no Mundial da França, realizado em junho passado, tanto dos meios de comunicação quanto da torcida, é que julgamos importante trazer o debate sobre a modalidade para esta Casa, mesmo que de forma tardia”, resumiu.

A discussão sobre o futuro do futebol feminino no país é urgente. “A modalidade cresce no mundo todo, e o Brasil precisa acompanhar essa tendência. Precisamos que as meninas, ao iniciarem sua carreira no futebol, saibam a quem recorrer e tenham a chance de alimentar seu sonho de virar jogadora profissional, assim como os meninos. Temos a maior jogadora da história da modalidade”, destacou Aliel.

Nos Estados Unidos e na Europa o futebol feminino é mais desenvolvido e vem se fortalecendo em diferentes países. “Tendo em vista que o Brasil se candidatou a ser sede do mundial feminino em 2023 , é importante saber quais são os planos da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) para a modalidade”, concluiu.

A baixíssima participação de mulheres em cargos de gerência de times no futebol é outro tema urgente, e diretamente ligado ao tratamento que é dado ao esporte no Brasil. O seminário será realizado em data a ser definida em breve pelo colegiado.

(Com Raphael Padilha – assessoria PSB / Foto: Carlos Eduardo Matos)