Aliel Machado

Deputado Aliel cumpre agenda em Nova Prata do Iguaçu

Parlamentar se reuniu com lideranças e visitou Unidade de Saúde

09.abr

Nova Prata do Iguaçu recebeu na última semana a visita do deputado federal Aliel Machado (PSB), vice-líder da oposição na Câmara Federal. Acompanhado dos vereadores Ari Garleth (PTB) e Fábio Dalbert (PDT), Aliel visitou escolas municipais e um projeto de futebol que atende crianças e jovens do município.

Na escola de futebol, Aliel destacou a importância da prática de esportes. “É muito bonito o trabalho que eles fazem aqui. Investir em Esporte é investir em Saúde e formação do ser humano”, disse Aliel, que se reuniu com as crianças do time do Boca S.M Bonato.

Aliel também visitou uma das Unidades de Saúde mais importantes do município. Com a destinação de uma emenda de R$ 100 mil indicada pelo mandato do parlamentar serão adquiridos vários equipamentos para atender a população.

O vereador Ari Garleth, que cumpriu agenda com o deputado no município, falou da importância da presença do Aliel na cidade. “O Aliel tem tido um grande destaque em Brasília, com posicionamentos coerentes com a sua história. A presença dele aqui, por duas vezes em menos de um ano, mostra o quanto ele tá comprometido em auxiliar Nova Prata do Iguaçu. Temos esse objetivo em comum de ajudar as pessoas através do nosso trabalho”

“Fico muito feliz em poder contribuir com o município de Nova Prata do Iguaçu. Temos aqui as nossas lideranças, os vereadores Ari e Fabio, que nos procuraram para auxiliar o município com a destinação de recursos importantes para o atendimento à população”, revelou Aliel.

Educação

Membro da Comissão de Educação na Câmara, Aliel fez questão de visitar algumas escolas de Nova Prata do Iguaçu. Na Escola Municipal Teotônio Vilela, o parlamentar conversou com a coordenadora e com professores. Aliel falou dos desafios que serão enfrentados pelos profissionais da Educação. “Temos lutado contra a retirada de direitos e contra o aumento da idade da aposentadoria para os professores. Eles tem uma rotina muito difícil, de dupla ou tripla jornada. Obrigar os professores a permanecer em sala por mais tempo é desumano. E as mulheres serão as mais prejudicadas”, alertou ele, referindo-se a proposta de Reforma da Previdência, apresentada pelo governo.

Aliel ainda esteve no Colégio Estadual Cristo Redentor e no Centro Municipal de Educação Infantil Artur Gruber Biandaro.