Aliel Machado

Maternidade do HU deverá ser entregue em junho de 2019

Obras da nova maternidade do Hospital Universitário já começaram e deverão ficar prontas em até 15 meses.

30.jan

O Hospital Universitário Regional dos Campos Gerais (HURCG) deu início às obras da nova maternidade. A construção do prédio custará aproximadamente R$ 3,40 milhões, provenientes de emenda parlamentar do deputado federal Aliel Machado (Rede), e deverá ser entregue em junho de 2019.

De acordo com a direção do hospital, após a liberação da ordem de serviço pela Caixa Econômica Federal, a empresa ganhadora da licitação iniciou a preparação do terreno e isolamento da área onde a maternidade será erguida. Serão dois pavimentos em concreto armado, contendo 20 leitos e 10 quartos, sala para atendimento de emergência e consultórios obstétricos.

Além do prédio principal, está prevista ainda uma ampliação de 481 metros quadrados de área para estacionamento. Toda a calçada de acesso ao Hospital Universitário será refeita para eliminar irregularidades, além da inclusão de novas rampas no meio fio e colocação de piso podotátil, para acessibilidade.

Segundo o diretor do hospital, Everson Krum, a nova maternidade vai oferecer atendimentos específicos para as gestantes com consultórios especializados, recepção e equipe médica preparada em espaço específico, na área térrea, logo na entrada do hospital. Dessa forma, as mães não precisarão passar primeiramente pelo Pronto Atendimento do hospital.

De acordo com o deputado Aliel, a maternidade do HU é uma das maiores conquistas da área da saúde na região dos Campos Gerais. “Já tivemos dezenas de casos de óbitos de crianças e que poderiam ter sido evitadas caso houvesse atendimento adequado. Além disso, a maternidade vai melhorar ainda mais a qualidade do ensino nos cursos de Medicina e Enfermagem, além de atender pacientes de toda a região, tornando-se assim uma referência em todo o Paraná”, comemorou o deputado.

Trâmites

Ao todo, 19 empresas participaram do processo de licitação para a construção da maternidade. Destas, seis foram desclassificadas por problemas na documentação. A vencedora apresentou uma proposta com um valor 18,35% menor que o valor máximo de R$ 4 milhões, valor total da emenda.

Segundo o deputado Aliel, com o valor que sobrar da construção do prédio, será solicitado junto ao Ministério da Saúde a compra de materiais e demais equipamentos para contemplar a nova maternidade.

Investimentos

Além do hospital, Aliel destacou alguns investimentos, através de emendas parlamentares, na área da saúde em hospitais da região como Ipiranga, Castro, Carambeí, Ivaí e Jaguariaíva.

Estes e outros anúncios deverão ser feitos durante solenidade que marcará o início das obras da maternidade. O evento está previsto para ocorrer no próximo sábado (3), no próprio HU, e deverá contar com a presença do ministro da Saúde, Ricardo Barros; do secretário estadual de Saúde, Michele Caputo Neto e da vice-governadora, Cida Borghetti.

Publicado por Luana Souza em Diário dos Campos, 30 de janeiro de 2018.